terça-feira, 11 de novembro de 2008

TRISTEZA ... DISFARÇADA

Não sei de onde vem está tristeza que me prende a alma.

Não sei explicar porque choram os olhos, as lágrimas que a chuva teimou em trazer. ...

Depois da tristeza vem a alegria; depois da alegria vem a tristeza.

Estamos sempre na instabilidade, entre a esperança e o medo.” ...

A tristeza invadiu a minha vida.
Sinto-me num beco sem saída.

Sem saber para onde vou.

Completamente incompreendida.

Sou como um barco à deriva ...

3 comentários:

Tanita disse...

Ai,ai,ai...

O que se passa aí para esses lados?

Lu disse...

nossa, me sinto assim com frequencia...texto muito bom

Liliane disse...

Quero a "minha" Sandra de volta!!! Quem a roubou??? Se fosse possível dava-te um pouco da minha alegria... E acredita q a maioria das vezes nem é preciso assim tanto para sermos felizes.
Gosto de ti! Sempre! Triste ou feliz, a rir ou a chorar... Pq os amigos são para todas as ocasiões. Mas tb é preciso que se queira/deixe ajudar. E muitas vezes tb é preciso pedir essa ajuda... Pq amigos são amigos e não bruxos. ;) Sim, já sei deves estar a rir e a dizer só mesmo a Lila para dizer estas coisas... Hehe.
Beijinhos carinhosos de uma amiga quase bruxinha.