terça-feira, 22 de junho de 2010

DESABAFO

por causa do Post escrito por Ela, fez-me ir ao meu baú das recordações , e recuar uma bom par de anos!
Uma traição magoa de certeza, mas existem outras situações que também não deixam de magoar, e muito!
Há uns anos tinha eu uma relação (julgava eu que era) com alguém que no fundo tinha “vergonha”de mim, e porquê???
Porque simplesmente eu era e continuo a ser “pró cheiinha”!
Pois é, por mais sinistro que seja é verdade.
E eu no inicio não percebi, apesar de ir juntando algumas situações que se iam passando, tais como, em casa de alguém era sempre muito “queridinho”, na rua e sitios publicos de preferencia estava no lado contrario ao meu, isto se estivesse muita gente, caso contrario não lhe apetecia!
Mas como as mulheres são “bicho de laboratório” e adoram fazer experiencias, eis que eu fiz a minha… e foi cá um teste!
No ano em que o Queiroz foi Campeão com a Selecção júnior no Estádio da Luz, eu tinha 2 bilhetes para esse jogo, informei-o de que tinha os bilhetes, ficou ou fingiu que ficou entusiasmado. Chegou o dia do jogo, eu tento saber a que horas nos encontramos para irmos, e eis que oiço aquilo que não lembra a ninguém!
Ouvi muito calma e serena…o fim é que foi mau. Claro que recorri ao lado mais ignorante do ser humano, a violência (mas soube-me muito bem) além de ter ficado com umas boas bofetadas, os óculos partidos e pisados, ainda hoje conserva uma cicatriz na “fachada”.

Moral da história: As traições podem magoar acredito que sim, mas existem muitas outras formas de magoar-mos e de sermos magoados, e esta a mim na altura magoou-me muito!

Pronto, já contei uma das minhas histórias...e agora vou ali passar a ferro.
Tenham uma boa Terça Feira:)

6 comentários:

A minha essência disse...

Sinto muito, ter feito recordar do que não querias... :(
Contudo, por vezes é bom irmos à caixa de pandora, nos ajuda a continuar o nosso caminho!
Porque não partilhaste esta história lá no post?! :S

Beijos

BalDocas disse...

Minha Essência,

Não precisas de dizer nada por me ter lembrado desta história, porque no fundo existem coisas que nunca esqueçemos sejam elas boas ou más.

Mas não a coloquei no teu post, porque lembrei-me logo de vir a colocá-lo aqui;
E falei nela porque uma Amiga que temos em comum disse-me um dia para eu escrever sobre algumas "histórias" minhas, não foi por causa desta, foi uma outra que partilhei com ela.

Beijo

Anabela disse...

De facto o ser humano às vezes consegue ser cruel.
Mas deixa que te diga que és uma grande mulher e deste-lhe o que ele merecia. Admiro-te!
Bjs

Karochinha disse...

Minha amiga, agora sou eu que te escrevo que uma traição dói mais do que imenso e conseguir perdoar é ainda mais dificil, acredita infelizmente eu sei!

As tuas histórias fazem com que te vás libertando devagar dessas "cicatrizes" que com o tempo vão desvanecendo, embora nunca se esqueçam......então nõs que nos lembramosde tudinho não é verdade?

Beijocas com muita admiração por a tua coragem e determinação!

HSLO disse...

que coisa viu...

Liliane disse...

Fico contente não pela história mas por começares a partilhar mais as TUAS "histórias aqui...
Não sei a que história te referes porque foram muitas as histórias partilhadas naquelas salas (e não só) mas uma coisa é certa... A minha imagem de "Fiona" nunca mais foi a mesma...

Beijinhos